Afinado.net

The Voice Brasil: As primeiras impressões

Hoje estreou a “versão Global” de Ídolos, o reality show The Voice Brasil. E como é um programa de música, o Afinado.net não pode ficar de fora e precisa registrar suas primeiras impressões. Afinal, esse programa ainda será amado e odiado por muitos.

O formato
O modelo se aproxima bastante do reality musical mais famoso do mundo. São quatro jurados e milhões de espectadores julgando os próximos melhores artistas de todos os tempos da última semana. O calouro se apresenta e os jurados só escutam. Quem gostar pode apertar um botão para sua cadeira se virar e apreciar o fim do show. Quando a música acaba, quem curtiu o candidato se humilha para ficar com o talento na sua equipe. O aspira então escolhe qual será o seu técnico. Depois que as equipes completarem 12 integrantes, haverá batalhas para reduzir o time pela metade. Lá pelas tantas, o público escolherá quem será a nova voz do Brasil depois de shows ao vivo. O vencedor leva a bolada de meio milhão de reais e um contrato com a Universal Music.

Os técnicos
Temos o afro Carlinhos Brown, o galã sertanejo Daniel, o rockeiro queridinho da Globo Lulu Santos e a gostosa da bela Claudia Leitte. Todas as cores, todos os gêneros. Pessoas da cultura pop brasileira com muita bagagem no currículo e muito cd vendido. Enfim, ídolos da maioria brasileira. Considero um acerto em cheio da emissora.

Mais famosos
Além dos músicos, quem apresenta o programa é o Tiago Leifert, para a alegria dos amantes de futebol. Outra escolha acertada, já que o programa antecede o futebol. A esposa fica feliz com o show de calouros e o maridão consegue aguentar até o início da partida. Além disso, a presença da Daniele Suzuki também dá uma acalmada nos ânimos dos mais ansiosos.

Trilha sonora
As escolhas dos intérpretes me impressionaram muito, só que não. Hits do momento, composições internacionais e canções dos jurados para a trilha sonora. Teve a música da primeira abertura de Malhação, Coldplay, Adele e um sósia vocal do Rogério Flausino.

Os calouros
Dos catorze que se apresentaram apenas três foram eliminados. Não ficarei surpreso em ouvir que no “Ídolos da Globo” só tem cantor de qualidade. Mesmo com a minha implicância gratuita, reconheço a qualidade dos escolhidos. Embora o foco do programa seja valorizar a voz, você conhece a história de cada um. Teve gente de todo lugar do país, com origens e culturas bem diferentes. Assim a gente se emociona e se identifica pelo menos com alguém.

Audiência
A audiência prévia já revela números interessantes: 15.6 de média, enquanto Record fazia 6.5, SBT 6 e Band 3.5. Além disso, a emissora colocou o nome dos artistas envolvidos várias vezes nos assuntos mais falados do Twitter.

Veredito
Finalmente a Globo está fazendo um reality que está promovendo cultura ao invés de bundas ou intrigas. É um acerto colocar numa tarde de domingo um pouco mais de emoção para as famílias brasileiras.  Acredito no sucesso do programa por possuir os ingredientes corretos: canal de maior audiência, artistas queridos pela maioria e os candidatos de diferentes origens.

Comente aqui

Afinado.net © 2019 Todos os direitos reservados

Criado por walmirjunior.com